Black Eyed Peas realiza primeiro show oficial da Masters Of The Sun Tour, no México

 

Ontem (17) o Black Eyed Peas subiu ao palco do Pepsi Center, na Cidade do México, México, para o primeiro show oficial da turnê “Masters Of The Sun”.

Os fãs mexicanos se mostraram ainda apaixonados pelo grupo – que em sua atual fase não conta com a participação da Fergie nos vocais e sim da novata Jessica Reynoso – trazendo alegria e uma histeria coletiva saudosista naquela noite de sexta.

A estrutura da turnê é bem reduzida, diga-se de passagem em nada lembra a The E.N.D. Tour ou The Beginning Tour, porém a energia dos meninos continua a mesma ou até mais. Em um show esgotado para sete mil e quinhentas pessoas, o grupo só precisou de um telão, uma banda afiada e animação para levar todos a loucura e com hits e clássicos.

O show começou com uma hora de atraso, o que irritou de certa forma algumas pessoas no local que vaiavam e gritavam, mas, quando o telão começou a passar de repente o clipe de “Get It”, todos começaram a se dar conta que ali iria começar o comeback oficial da turnê do grupo.

Após uma breve intro com “Get It”, os meninos entraram no palco ao som de “Let’s Get It Started”, sem grandes efeitos. Esqueçam elevadores, palcos automáticos, cordas, grande pirotecnia: bem como faziam “à moda atinga” na Elephunk Tour, will.i.am, apl.de.ap, Taboo e Jessica aparecem do fundo do palco e sem grandes cerimônias já jogaram o mega hit na cara de todos.

“Muito orgulho de estar no meu país com vocês mexicanos” disse Taboo.

Depois de “Started”, a banda emendou os sucessos “Pump It”, uma dobradinha de “My Style” do Monkey Business e “Imma Be”. Depois veio “Boom Boom Pow” (sem a parte da Fergie), “Ring The Alarm”, “Just Can’t Get Enought” e logo após os freestyles clássicos, a começar o APL com “Bebot”, Taboo com “Smells Like Funk” e will.i.am com “Scream & Shout”. Vale lembrar que um trecho do clipe de “Street Livin” também apareceu no telão entre um intervalo e outro.

Além disso, uma das músicas favoritas dos fãs, “Dum Diddley” (2005), entrou na setlist e com uma roupagem totalmente nova – a banda usou sample do hit “Mi Gente” do colombiano J Balvin. “Labor Day (It’s A Holiday)” de 2003 também foi tocada.

Antes de entoar o grande hit “Where Is The Love”, Will fez questão de lembrar que este ano comemoramos 15 anos do álbum Elephunk e que estava sendo um prazer comemorar isto ali, com os fãs. “Os mexicanos são como uma família. Não se importem com que os Estados Unidos falem dos mexicanos, vocês são as melhores pessoas” falou o cantor.

“Don’t Stop the Party”, “The Time” e “I Gotta Feeling” fechando o show, encerrou com chave de ouro essa noite tão brilhante e cheia de amor dos fãs que emanavam carinho para os meninos que devolvia para o público todo o entusiasmo do grupo com essa nova fase.

Confira fotos do show na nossa galeria:

Assista a muitos vídeos:

Started/Pump It/My Style/Imma Be

Imma Be

Boom Boom Pow

Where Is The Love

Don’t Stop The Party

The Time

I Gotta Feeling

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!