Fergie concede entrevista para NRJ e responde perguntas indesejadas


Durante a sua estada na Europa, a Fergie concedeu uma entrevista em Berlim para a NRJ. Fergie fala sobre a família, Double Dutchess, entre diversos assuntos.

“Eu pensei que o Double Dutchess iria sair mais cedo, mas levou 11 anos por eu estar muito ocupada com muitas outras coisas. E no meio destes 11 anos, eu fiz alguns álbuns com os Peas e tour, e depois dos Peas eu fui para a casa e tive o Axl, que foi um projeto que deu muito certo. Depois disso eu fiquei bem ocupada gravando  e editando vídeos, terminando as músicas. Eu também criei minha própria marca, que é a Dutchess Music, e isso tudo leva tempo, por isso demorou tanto. As pessoas estavam bravas comigo e eu também estava brava com toda a demora, então eu decidi fazer um vídeo para todas as músicas do álbum, queria que a espera valesse a pena.” – Fergie

O Axl também está no álbum, como isso aconteceu?

“Ele é tão fofo, e eu não vejo ele a dias, estou com saudades! Eu estava ouvindo a música pela casa e ele começou a cantar a música, e quando seu filho canta em francês, eu tive que gravar. Foi muito fofo e ele estava se divertindo. Eu não sei se ele sabe se eu trabalho muito, ou se sou eu que canto as músicas, ele não sabe que para ter pizza ou brinquedos, é preciso trabalhar e ter dinheiro para comprar, e este é meu trabalho, eu trabalho muito, mas é muita coisa para explicar para ele ainda.”

“Eu amei e me diverti muito gravando todos os vídeos do Double Dutchess. Me diverti muito caom Milf $, foi muito bom sair um pouco de casa e ir gravar aquele vídeo, fez muito bem para mim.  Mas acho que a mais divertida foi Like it Aint Nuttin, pois eu estava em Paris, acabando de gravar Just Like You, então fui para Londres e falei, vamos gravar o vídeo de Like it Aint Nuttin. O vídeo tem estilo do hip-hop dos anos 80/90, baseado em Nova York. Eu usei vários cabelos, maquiagens, roupas, e isso é o que eu gosto de fazer na música, colocar tudo junto.” – Fergie

Você escreveu todas as suas músicas ou te ajudaram a escrever?

“Eu gosto de colaborar. Enchanté por exemplo, eu tinha a música na minha cabeça. O will.i.am ajuda muito com as letras. Eu usei muitas folhas dos meus ‘diários’ e lia tudo para criar o Double Dutchess. O Double Dutchess é todo sobre meu ‘diário’, eu não escrevia todos os dias, mas eu sempre escrevia ou desenhava quando estava com muitos sentimentos. Eu não vou falar onde o meu diário está agora, mas não está aqui comigo.” – Fergie

Eu tenho uma jarra de perguntas más. Fergie, abra a jarra e responda as perguntas.

“Eu não estou com medo, vou responder. -Fergie lê alguma coisa em alemão- ops, está escrito em inglês atrás, -Fergie lê ‘Complete a frase, o pior sexo que eu tive foi com?- Aaaaaa, meu deus, eu não vou responder.”

Você coleciona alguma coisa estranha?

“Eu coleciono chaves que eu encontro.” 

Com qual artista você nunca trabalharia?

“Nossa, estas perguntas são muito más! Por que estas perguntas são tão más? Eu não vou responder.”

Você tem algum segredo que nunca falou para seus pais?

“Acho que eles sabem tudo pelas minhas entrevistas. Eu não lembro de não ter escondido nada deles. E eu não vou responder as perguntas sexuais.”

Você deve algum dinheiro? Se sim, para quem?

“Meu deus, meu business manager vai rir disso, mas sim, eu ainda estou pagando pelos vídeos do álbum, mas está tudo bem.”

“Eu adoraria entrar em tour. Tenho vários shows para este ano, mas não posso falar nada, tenho que manter segredo, caso contrário vou dever mais dinheiro para mais pessoas. Mas tenho sim muitos planos para este ano. E em 2018 terá a Double Dutchess tour.” – Fergie

Assista a entrevista:

Autor do Post
Natália Mendes

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!