Taboo promete continuar lutando contra Trump e a construção do oleoduto em Dakota do Norte

O que parecia uma batalha vencida teve uma reviravolta ontem. O novo presidente dos Estados Unidos assinou a permissão para o construção do oleoduto em Dakota do Norte que pode prejudicar várias comunidades indígenas na America.

Mas apesar da decisão de Donald Trump, Taboo promete que vai continuar lutando contra a medida tomada. Em entrevista ao TMZ, Taboo disse que isso ainda não acabou e prometeu lutar de forma pacífica.

“Sabíamos que a guerra não tinha acabado”, declarou Taboo. “Nunca acabou, especialmente quando estamos lidando com alguém como este homem que acabou de entrar no cargo, (quem) é imprevisível. Você tem que estar sempre em guarda, mas você tem que fazer do jeito certo. Agora é hora de voltar à estratégia. Temos certeza de que faremos o certo e não sacar a arma e ficar agressivo e começar a usar a violência como uma forma de rebater”.

Em novembro do ano passado, a Army Corp of Engineers anunciou que iria procurar uma rota alternativa para o oleoduto o que foi celebrado como uma grande vitória.

Para quem não sabe, Taboo é descendente de índios americanos e vem buscando preservar e tornar mais visível a cultura de seus antepassados. Ele está engajado na campanha No DAPL (No Dakota Access Pipeline) desde o ano passado que visa parar a obra de construção de um oleoduto pois pode afetar a qualidade da água do local e obrigar tribos a desocuparem suas terras. Isso o inspirou em fazer uma música com ajuda de algumas celebridades para trazer mais atenção do mundo ao caso.

Autor do Post
Felipe Vieira

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Where's the ❤️❓

📣 @PortalBEP

Siga no Instagram