Coluna: PortalBEP esteve nas gravações do The Voice do Reino Unido! Saiba tudo!

2016_002

O Felipe Vieira, da equipe do PortalBEP, foi até o Reino Unido e aproveitou a sua passagem por lá para assistir as gravações do programa The Voice UK, no qual will.i.am é técnico pelo quinto ano consecutivo. Quer saber um pouco como foi essa ida até lá até o encontro com o líder do BEP? Não deixe de ler a nossa nova coluna!

Gravações do The Voice UK e meu encontro com o will.i.am!

Olá leitores do PortalBEP, hoje escrevo não uma notícia sobre o BEP mas uma das melhores experiências que tive. Fui passar férias na Inglaterra e coincidentemente foi na mesma época em que o The Voice estava sendo gravado. Acabei conhecendo alguns fãs de lá que me ajudaram, pois as gravações acontecem em Manchester e eu estava em Londres, ou seja, ia precisar de muita ajuda para chegar ao destino sem me perder.

Pois bem, na noite anterior preparei a mochila mas ainda tinha uma certa dúvida em ir ou não, já que seria bem frustrante ir e não conseguir falar com o will.i.am ou, pelo menos, conseguir um tchau de longe. Deitei na cama e pelas redes sociais fui conversando com alguns dos fãs que conheci na Inglaterra que me convenceram a ir, então comprei uma passagem de ônibus na mesma noite pela internet e resolvi que iria de qualquer jeito.

No outro dia, acordei as 06:15 da manhã e comecei a me arrumar. A todo momento minha cabeça pensava: Não crie muitas expectativas, apenas vá e se divirta. Depois de alguns minutos revirando o quarto procurando meu passaporte (que perdi na área de convivência do hotel junto com o cartão de transporte. Graças a Deus uma alma caridosa encontrou e entregou na recepção), fui para estação do metrô. O ruim é que, como era muito cedo, alguns trens só passavam em um intervalo de tempo que era suficiente para se achar que não dava tempo de chegar. Pedi informação com um carinha do metrô sobre quanto tempo levaria de táxi de onde eu estava para estação de ônibus, ele me disse que ficaria umas 35 libras, mas que se eu tivesse um pouco de paciência era só esperar o metrô que chegaria com tempo. E assim fiz, o trem veio e em questão de minutos eu estava na estação do terminal.

Mas chegando lá outro drama: procurar a estação certa. Lá fui eu pedir informação, porém ninguém sabia me dizer ao certo aonde ficava. Resolvi sair da estação e voltar um pouco para o caminho, daí virei de costas e vi que era só atravessar a rua e seguir a esquerda. Pois bem, cheguei na estação, procurei a baia, depois localizei o ônibus e entrei nele. Precisa avisar que fui o último passageiro a entrar? Enfim, lá estava eu a caminho de Manchester.

Saí as 08:00h e cheguei um pouco antes de 12:25h. Chegando na estação, alguns dos fãs já me esperavam. Demos um tempinho para almoçar e assim seguimos para o Media Center, local onde se concentram os estúdios das principais emissoras do Reino Unido, incluindo o da BBC. Nos atrasamos um pouco e já estavam preenchendo os lugares da plateia. Dei meu nome na entrada e recebi uma pulseira, também tive que entregar meu celular para evitar fotos e assim alguns spoilers antes da temporada começar.

Meus amigos ficaram esperando, pois tentariam a segunda gravação do dia, e eu entrei. Tinham algumas pessoas esperando na porta do estúdio, pois os lugares estavam quase todos cheios, até que um cara da produção anunciou que tinha apenas um lugar, e como ninguém se manifestou, eu logo me prontifiquei. Ele me levou até em frente a fileira que eu ia ficar e me mostrou o lugar onde eu deveria sentar. Pena que só fui ver o por quê de ninguém ter sentado lá depois que já estava acomodado, o lugar era ruim pois tampava a visão pros jurados e dificultava ver o palco.

Daí começou o aquecimento da plateia, onde um animador faz algumas piadas, dancinhas e afins para ir animando a plateia. Eu já tava louco para começar logo a gravação e confesso que as piadas não eram lá muito engraçadas. O tal apresentador chamou algumas pessoas da plateia para sentarem nas cadeiras dos jurados, eu queria muito ter ido, mas de onde eu tava nunca iriam me notar.

Depois de longos minutos, eis que finalmente um dos apresentadores surge: Marvin Humes. Ele conversou com a plateia e logo gravou algumas das chamadas dos candidatos. Logo depois o animador voltou para aquecer a plateia de novo (isso foi frustrante), mas de onde eu estava, dava para ver uma das entradas dos jurados, já que eles entram pela lateral. Fiquei torcendo para o will pelo menos entrasse por onde eu estava vendo e não do lado que eu tava, já que não podia levantar ou isso poderia prejudicar a gravação.

Depois de um tempinho, vi que na entrada que ficava à minha frente começou uma movimentação, e então surgiu uma silhueta com um chapéu enorme: era o Boy George. Uma assistente falava com ele, até que outro cara entrou e sentou na escada ficando de costas para onde eu estava. Sim, finalmente will.i.am estava lá! Não demorou muito e a gravação começou, eles estavam gravando algum episódio das batalhas. Os jurados entraram e se cumprimentaram e sentaram. Daí, para poder ver o will sentado na cadeira dele, eu tinha que esticar o pescoço toda vez, o que acabou me dando algumas dores em questão de tempo, mas ok. E assim a gravação foi indo, deu para perceber que will está realmente mais seletivo nessa temporada, mas continua sendo o jurado mais querido pelo que todos ao redor comentavam. Confesso que essa primeira gravação não foi muito legal já que eu estava num lugar ruim e não podia comentar nada com ninguém conhecido.

Um bom tempo depois das gravações resolvi ir ao banheiro, ele estava meio cheio e quando voltei a batalha já tinha começado. A mulher da produção falou que eu não podia voltar e que eu teria que esperar, mas me colocou em um lugar perto da banda e aí sim deu pra ver os jurados de um jeito bem melhor. Daí voltei para o meu lugar, sentei e vi as pessoas saindo, foi então que percebi que aquela tinha sido a última batalha, mas, mesmo assim, resolvi que ia ficar até a última pessoa sair também.

Foi então que a produção arrumou alguns lugares pelo estúdio para que eles gravassem algo como um depoimento sobre as batalhas que aconteceram, e para minha sorte, o will gravou de frente para aonde eu estava. Ele passou e muitas pessoas deram tchau, ele logo fez o mesmo e sorriu para todos. Eu esperei todos ficarem quietos e assim que isso aconteceu, levantei o braço e ele também respondeu do outro lado, não posso descrever o quão feliz fiquei!

Daí ele terminou de gravar, agradeceu todos e saiu. Eu já estava bem feliz apenas com aquele tchau que ele me deu e então saí também, bem satisfeito de ter visto o will e ter ao menos ganhado um tchauzinho de longe. Mas aí tinha a outra missão: assistir a segunda gravação e conseguir a pulseira dourada.

Saindo de lá encontrei o pessoal e fui atrás da tal pulseira dourada, e não é que consegui! Ela é especial pelo fato de que, com ela, você entra numa fila com total prioridade e pode sentar em qualquer lugar, exceto os acentos já reservados. Feito isso, entrei novamente no estúdio, obviamente procuramos a primeira fila e conseguimos, não bastando isso, o pessoal que conheci lá fez com que eu sentasse exatamente de frente para a cadeira do will. Eu não podia acreditar que estava a ponto de ficar de frente ao will.i.am!

Com todos acomodados e a plateia cheia novamente, hora de… isso mesmo… aquecer a plateia com o tal animador. Ele fez exatamente as mesmas piadas, até uma tal dancinha com Uptown Funk, mas dessa vez ele pediu também para tocar I Gotta Feeling também, e todo mundo pirou! Nós fizemos uma rodinha e começamos a dançar e cantar, o que deixou o tal animador bem impressionado com a nossa performance.

Dessa vez não teve gravação de chamadas pelos apresentadores e então a gravação começou bem mais rápido. Novamente os jurados entraram, se cumprimentaram (eles usaram a mesma roupa da outra gravação) e logo foram sentar. Will reconheceu alguns de nós que estávamos na primeira fileira e sentou na cadeira, até o momento ele só tinha me olhado mesmo e nada demais.

As cadeiras ficam de frente para o palco mas só viram para a plateia quando a gravação vai realmente começar. Daí elas viraram e eles ficam meio tímidos em encarar as pessoas, will não demorou para começar e mexer no celular e escrever num tal caderninho que todos eles têm.

Eu já estava bem nervoso e começando a suar, pois estava de jaqueta e resolvi tirá-la e colocar embaixo da cadeira. Daí, quando estava conversando com uma das peabodys ao meu lado, resolvi olhar para frente, e will estava quase debruçado por cima do botão tentando enxergar minha camisa, na hora eu simplesmente gelei! Ele perguntou que camiseta era aquele e minha única reação foi esticar a camisa e mostrar a estampa, ele reconheceu que era a camisa do jogo The Black Eyed Peas Experience. Como eu era o único não muito conhecido, ele perguntou de onde eu era, falei que era do Brasil e logo fui questionado se era de São Paulo ou Rio, quando respondi que era de Brasília, will se admirou até arregalou os olhos. Ele lembrou e disse que tinha se apresentado aqui em 2010 com o BEP e eu disse que estive neste show. E para minha surpresa, will me questionou se eu era membro do PortalBEP, disse que sim provavelmente com uma cara de espanto. Logo após isso as gravações começaram, e will sempre dava uma olhada para a fileira da frente nos procurando quando as cadeiras dos jurados viravam para a plateia.

Algumas apresentações depois ele resolveu descer e vir nos cumprimentar também, abraçou cada um, mas quando ia voltar para conversar com a gente novamente, uma menina o chamou e ele foi conversar com ela. Will se agachou para e ficou lá por um bom tempo, e acabou que ele não pode voltar e as gravações tiveram que se inciar novamente.

Um fato curioso: Em uma das apresentações, o will poderia roubar uma das participantes, mas ele só tinha o direito de roubar mais uma pois seu time estava quase cheio. A plateia toda gritou para que ele a roubasse, menos nós. No começo ele olhou para a plateia, mas nos últimos segundos ele fixou os olhos em nós e, como não estávamos nos manifestando, ele entendeu que não queríamos que ele a escolhesse, e ele nos atendeu! Assim que a cadeira voltou para o lugar, ele olhou para trás dando a entender que ele não virou a cadeira por nossa causa, o que nos fez rir e sentir um pouquinho de culpa. Em compensação, ele pegou uma candidata bem melhor logo depois.

Na última apresentação dessa gravação, um candidato chamou a atenção do will para que olhasse para ele enquanto ele estivesse falando, já que will estava mexendo no celular. Obviamente will ficou meio constrangido, e assim que terminou de gravar essa parte, ele desceu novamente, mas dessa vez veio conversar diretamente comigo. Falou que tinha gostado do meu tênis (quando desceu da primeira vez, ele tinha falado que tinha gostado da minha jaqueta) e perguntou se eu já tinha conhecido os outros Peas, respondi que Taboo e Apl. Ele perguntou se ainda não tinha conhecido a Fergie, eu disse que não e ele prontamente disse que ela é adorável e que eu iria adorar quando a conhecesse. Falemos algumas coisas, mas ele ficou bem orgulhoso quando eu disse que tinha usado o BEP como tema da minha monografia e que tinha tirado nota máxima também.

Logo depois ele teve que gravar novamente o tal depoimento, e então se despediu de nós. Assistimos a gravação do depoimento e então ele se despediu de nós, mas desa vez de longe. Daí saímos do estúdio, pegamos nossas coisas na portaria e fomos embora.

Foi realmente bem divertido ver essa segunda gravação. Por vários momentos eu me deparava com Boy Gorge, Paloma Faith e Ricky Wilson me olhando fixamente também. A impressão que tive sobre eles foi: Paloma tem um sotaque delicioso, além de ser extremamente classuda; Boy George fez os melhores comentários; e Ricky Wilson é um dos mais carismáticos entre os quatro. Eles possuem uma química muito boa entre si e a produção do programa é bem organizada (eu fui tentar assistir ao X Factor também e só passei frio), além de brincarem muito entre eles. Antes de começar a gravação, will pediu para que a plateia gritasse “oh, shit!” quando o chamassem, mas logo depois mudou e pediu para que gritássemos “hell yeah!”. Paloma não quis ficar para trás e pediu para que a plateia imitasse o som de uma arara quando ela fosse anunciada, o que foi prontamente atendido pela plateia e por Ricky Wilson também.

E sobre o will, até hoje não acredito que pude conversar com o meu maior ídolo frente a frente. Ele foi extremamente atencioso e espirituoso. Saí de Manchester com uma sensação de dever cumprido e com a melhor impressão possível sobre o will.i.am.

Felipe Vieira

Autor do Post
PortalBEP

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!