“Fergie as The Dutchess” faz 8 anos!

portalbep

A vocalista do Black Eyed Peas ainda tem muito o que falar de seu álbum solo, pois o álbum sempre foi e será ótimo.

O primeiro, e até agora único, álbum solo da cantora Fergie, foi lançado no dia 13 de Setembro de 2006. Isto significa que neste mês, o The Dutchess fez 8 anos.

Algumas coisas aconteceram durante estes 8 anos.

A Britney Spears teve seu segundo filho, Barack Obama ainda não tinha se declarado como presidente, SexyBack, do Justin Timberlake era um super hit, mas não tirou a música London Bridge da 1º posição, entre muitas outras coisas.

O primeiro álbum solo da Fergie foi número 2 na BillBoard 200 chart, e ainda ficou 94 semanas no topo dos melhores álbuns. O The Dutchess vendeu 3.9 milhões de cópias, com todos os singles no Top 5 hits no Hot 100 chart. London Bridge em número 1 por 3 semanas, Fergalicious em número 2, Glamorous em número 1 por 2 semanas, Big Girls Don’t Cry em número 1 e Clumsy em número 5.

Desde 2000, apenas dois álbuns tiveram ao menos os 5 singles como Top 5 na Hot 100.

“As vezes eu sou estabanada e as vezes eu sou bem feminina”, 
disse Fergie para a Rolling Stone em 2006. “É tudo depende do meu humor. Eu gosto de brincar com o meu lado de gatorinha e meu lado de mulher. E esta é a melhor parte do The Dutchess, a diferença entre as músicas, pois nenhuma música no CD é parecida com a outra.”

E agora? O que esperar da sequencia do The Dutchess, feita pela Fergie, que agora é mãe e tem 39 anos? Ela merece todo o sucesso, pois ela é boa e sabe como fazer isto. Mas o que os fãs esperam?

Autor do Post
Natália Mendes

Comentários

2 Comentários
  1. postado por
    Diego
    set 16, 2014

    Sem palavras pra descrever o meu álbum favorito nessa vida. O tempo pode passar, meu gosto musical pode variar, a Fergie ter parado de cantar ou ter lançado mais 4 ou 5 álbuns… mas o TD vai ser sempre o primeiro e único na minha lista, por ter grandes e inspiradoras letras, com suas batidas viciantes, vocais que são ao mesmo tempo doces e deliciosos e por ele ter feito parte do meu crescimento. Suas músicas estiveram sempre presentes durante minha passagem de adolescente para adulto, me ensinando a não perder o chão, dizendo que posso ser um desastrado no amor mas que não vale a pena chorar por todos eles, que não devo ligar e sofrer por comentários maldosos de gente que se acha mais do que é… É mais do que paixão de fã, do que admiração pelo trabalho, é uma ligacao sentimental única. Obrigado Fergie por esta obra, por esta inspiração.. obrigado por existir.

  2. postado por
    Felipe Fernooly
    set 16, 2014

    Amo demais O the Duchess ,ELA vai se superar ,acho que vai ser algo mais maduro ,The duchess pra mim é o melhor álbum feminino!

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Where's the ❤️❓