Will.i.am concede entrevista para Joana Lumley

joanna_lumley_will_i_am-371303

Os casacos e calças de Will podem ser leves, mas na verdade são produzidos a partir de resíduos. Will.i.am concede entrevista para a apresentadora Joana Lumley para um documentário da BBC. Ela foi até os EUA para entrevistar o cantor. Na oportunidade ele a leva para conhecer uma fábrica que faz parte do seu mais novo empreendimento a Ekocycle, um projeto voltado a questões ambientais. O programa deve ir ao ar nesta sexta – feira (28) , às 10h35 na BBC.

Ele usa uma técnica especial para fazer roupas e  fones de ouvido utilizando velhas garrafas plásticas de água. “Tem sido uma batalha difícil para transformar os resíduos em tecidos”, admite  Will que só dorme quatro horas por dia e  levou a ideia para a Coca-Cola, e agora eles estão apoiando o projeto.

Joana também visitou a casa de Will.i.am, onde teve a oportunidade de dialogar com a família do rapper. A TV Choice Magazine, falou com ambos para questionar sobre os preparativos para o documentário e  saber o que um pensava do outro.

Confira a entrevista completa:

Você acha que as pessoas assistindo este programa vai ter uma noção de quem você realmente é?

Will.i.am: Eu não sei, eu não quero olhar para ele a partir dessa perspectiva, eu fiz isso para crianças e jovens de Londres e para muitos que vêem que estão em bairros precários para tentar mudar a sua realidade através da disciplina, dedicação e se misturarem com os amigos certos.
Se eu fizesse isso para que as pessoas vejam quem eu realmente sou, então eu seria egoísta. No entanto as pessoas me vêem é da maneira que querem, elas podem ver o meu trabalho que eu faço, para inspirar os pequenos e jovens a fazer o mesmo. Esta foi à razão pelo qual escolhi fazer isso.
 Por que você decidiu que agora seria um bom momento para fazer este documentário?
Will.i.am: Porque a escola que eu tenho em Boyle Heights [em Los Angeles] está progredindo. Nós começamos com 50 crianças e agora temos 120, e estamos a caminho de 300. Eu queria fazer tudo o que puder para destacar sua disciplina, para incentivar não só estas crianças, mas a próxima geração. Os irmãos que querem seguir o seu irmão (a) que estava na TV, em Londres, só porque eles foram dedicados e disciplinados em torno da educação.

Como você descreveria Joanna Lumley como entrevistadora? Você achou que era fácil de se abrir para isso?
will.i.am:
Desejo a todos os entrevistadores a serem como Joanna. O que quero dizer com isso é que, quando ela faz uma pergunta, é como se ela já passasse por isso também. É uma abordagem muito compreensiva. Ao invés de ser como uma mosca na parede, que vai começar a voar de novo e ser irritante. O que quero dizer? Não seja como uma mosca na sala.

Será que seus amigos e familiares pensam da mesma maneira sobre ela?
Will.i.am: Sim, porque normalmente a minha família iria fechar-se, na sala de perguntas sobre o comportamento humano, mas quando algo mostra sua sua humildade, você se abre. Acho que isso é o que ela faz é muito importante mostra sua elegância e humanidade ao mesmo tempo.

Você acha ajudou o fato de que você estava em sua própria casa e cercado por sua família? Isso se tornou mais confortável para as conversas?
Will.i.am: Não, estar em sua própria casa não significa muito, porque algumas vezes você realmente não quer alguém para estar lá. Isso faz com que você seja falso, pois você não quer que as pessoas vejam como você realmente vive quando há câmeras ao redor. Assim, o fato de que você está em sua própria casa e vizinhança torna ainda mais difícil.

Para Joana:


Ele parece estar em movimento o tempo todo, o que impressionou você?
Eu acho que ele tem um curto espaço atenção, se ele não está interessado começa a se mexer, você sabe como os homens começam a balançar com as pernas? Eu acho que é assim que ele se sente.

Você faz um monte de trabalho de caridade, o mesmo acontece com Will. Isso é algo que você tem em comum?
Sim, embora nós não falamos sobre isso. Eu, particularmente, queria colocar esses detalhes para o documentário e mostrar o que é um cara bom, mas outra coisa é escrever, construir isso. Eu acho que é excepcional. Ele é excepcional!

Qual foi o ponto alto dos quatro dias?
Eu amei estar em seu carro com ele sozinha. Isso foi muito bom porque, embora tivéssemos microfones e tínhamos câmeras fixas, muitas vezes a câmera ficava muito na nossa frente, por isso ficamos apenas no carro por uma hora e meia em toda Los Angeles. O carro dele foi brilhante, extraordinário, um carro movido a energia elétrica,fantástico. Poder sentar-se no carro e ficar com ele – foi lindo. Apenas tagarelar poderíamos ter feito uma conversa tranquila entre nós. Juro por Deus, ele era tão simples na maneira como estava falando. Ele é um ótimo entrevistado.

Como era a sua casa?
Não era uma mansão. Eu tinha imaginado palácio, onde teria que caminhar milhões de passos para chegar a uma garagem, mas não. Foi construída no lado de uma colina uma sala de música, em seguida, o seu primeiro terraço, e também uma quadra de basquete e uma piscina. É tipo uma casa pequena, foi ótimo. Sem essas frescuras de estrela de cinema.

Gostou da casa de Will e da decoração?
Sim, ele tinha feito cada pedacinho dela mesmo. Ele escolheu todas as cadeiras, e as paredes como ele queria. Ele escolheu coisas de alguns hotéis que o impressionaram quando ele era jovem para ter em sua própria casa, bem como alguns tipos de luzes, sofás etc.

Que outras qualidades que você admira nele, bem como ser generoso?
Eu gostei do que ele disse quando eu perguntei-lhe: “Qual é a palavra que significa algo para você?” E ele disse:’Will”. Essa determinação para fazer coisas direito, para tornar o trabalho material e que a única pessoa que pode fazer isso é você mesmo. ” Começou cedo a sua vida, talvez sua mãe lhe ensinou, ou sua avó, que a única pessoa que pode mudar a sua vida é você.
Ele disse: ‘Você não pode continuar dizendo, eu tive uma vida ruim , ou se as coisas fossem melhor para mim. Se você quiser fazê-lo, você pode. Basta querer e fazer. Eu acho que era outra coisa, porque ele teve uma educação rígida e ele não tinha nada, exceto os ensinamentos de uma mãe forte e a determinação dada a ele.

Autor do Post
PortalBEP

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Where's the ❤️❓