will.i.am participa de palestra na Austrália e afirma: ‘programar é o novo rap’

will.i.am, aproveitando o lançamento de seu novo projeto na Austrália, participou da palestra Vivid Ideas ontem dentro do Museu de Arte Conteporânea lá em Sydney. Para o líder do Black Eyed Peas e diretor criativo da Intel, os códigos e programação de computador são os caminhos do futuro e ainda mais: ele comparou a arte de programar ao rap.

Usando a expressão ‘o código é maneiro’, ele falou “O rap se espalhou pelo planeta.. os códigos ainda não, mas é uma coisa nova. Precisa ainda de certa disciplina. Quando vejo um programador é como um pirata procurando o Caribe, é como um nova descoberta.”

O painel de palestrantes, que também contava com a presença do artista de Sydney Justene Williams, o Consultor Criativo do will.i.am ‘DJ Keebz’ e o cantor Rene Christen, falaram do processo por trás da criação das instalações de luz para o Vivid Sydney – particularmente as luzes e sons instaladas no Museu.

Will, que comandava o debate, começou falando “É a transição do ontem e amanhã, e não estou falando poeticamente e sim literalmente. O modo que uma cidade é projetada é meio antigo. Mas você anda pelo Vivid [bairro de Sydney] e é algo novo – mas mesmo isso que é moderno continua ‘velho’ para o que vai ser no futuro.”

Com um foco principalmente sobre a importância da propriedade intelectual – e dando nome a ideias – ele falou que é vergonhoso que as pessoas responsáveis pela evolução da história não sejam lembradas pelo nome.

“Quem inventou a harpa? Quem criou a flauta?… não ouvimos falar sobre um Picasso ou Mozart ou Da Vinci da programação ainda.”

Clique para saber mais informações da visita do cantor na cidade

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!