Encontrando Taboo no Rio de Janeiro, com seu DJ Set da Ultra Magnetix Tour

A apresentação do Taboo no Rio de Janeiro foi inesperada. Em menos de 2 semanas tudo foi acertado e divulgado nos fã-sites do Black Eyed Peas e do Taboo pelo mundo. Sua terceira apresentação como DJ em sua Ultra Magnetix Tour (ou Taboo Experience, como o próprio está divulgando) foi na cidade do Rio de Janeiro, na Boate 021 Prime, Barra.

A abertura da casa, segundo o site, seria às 22h, o que não aconteceu. Cheguei por volta das 22:40 e ainda não haviam liberado a entrada. Meus amigos peabodies também guardaram meu lugar na fila, mas pelo que se via, nem era preciso, tinham cerca de 40 pessoas esperando na parte de fora ainda. Até que por volta das 23:30 começam a entrar os primeiros da festa.

Entrei e me deparei com uma boate bem arrumada, apesar até de parecer um pouco apertada. Vários jogos de luzes são refletidos diretamente em um lustre central, para espalhar vários feixes de luz pela pista. (Em todas as fotos, para ver em tamanho maior, basta clicar que ela abrirá em outra aba!)

O DJ residente da casa (DJ Markes) de festas tocou vários sucessos do hip-hop e do pop eletrônico. Músicas que iriam de Lil’ Wayne até David Guetta. Veja a foto em 180º:

Todos estavam bem animados com a boa recepção do DJ residente, mas não era ele que os peabodies presentes estavam esperando ali. Era Taboo, que demorou mais que o previsto para chegar (e pela porta da frente, pela tranquilidade que estava o local). Ele estava no banco traseiro de um carro branco, e eu consegui avistá-lo na hora que ele chegou.

Às exatamente 02:05, Taboo sai do carro e entra direto para seu camarim. Não foi tão conturbado e cheio de seguranças como a Fergie no carnaval, mas tinha um pequeno esquema para garantir que ele chegasse bem até lá dentro. Mas tudo ocorreu bem, nenhum problema na entrada dele. Tudo tranquilo.

Depois de 45 minutos, às 02:50 da madrugada, Taboo começa seu DJ Set com nada mais e nada menos que “Pump It”, assim como todos os sets que ele está abrindo aqui no Brasil, agitando bastante aos peabodies que estavam lá na frente do palco desde quando entraram. Ele ficou surpreso com a grande animação dos poucos fãs presentes do Black Eyed Peas, que faziam barulho de uma plateia de verdade, que estavam cantando e interagindo bastante com ele, deixando com que a festa não parasse.

Então, ainda no início de “Pump It”, ele fez com que o garçom servisse para o pessoal ali da frente champagne Chandon, além de doses de tequila, doses de Grey Goose (que é uma das patrocinadoras do evento) e também várias frutas. Taboo ficou apenas na água e no Red Bull.


http://www.youtube.com/watch?v=XVhIpOvpgxo

Ele estava muito animado, apesar de tudo. Cantou e dançou bastante na frente da mesa de DJ e tirou os pés de todo mundo do chão. Ele pegou todas as bandeiras que os peabodies presentes levaram, e começou a dançar girando-as. Depois, fez uma pequena pausa com cada bandeira pro pessoal tirar foto. Tirou foto com a bandeira do Brasil com o PortalBEP, mais uma vez, assim como no SWU! Além de ter descido dezenas de vezes pro meio do pessoal pra cantar junto e tirar fotos.

Confira uma foto que tiramos dele segurando a bandeira do Portal:

Dentre várias outros músicas que Taboo tocou, entre eles estão “Levels” (Avicii), “Good Feeling” (Flo Rida), “We Found Love” (Rihanna), “Rap das Armas” (Cidinho e Doca), “Ela Balança Mas Não Pára” (Mc Buiú), “Danza Kuduro” (Don Omar), “Barbra Streisand” (Duck Sauce), “Give Me Everything” (Pitbull feat. Ne-Yo), remix de “Otherside” (Red Hot Chili Peppers), um remix de “One” (Swedish House Mafia) com “Seven Nation Army” (The White Stripes), e inclusive a nova música que ele faz participação com Alex Gaudino, que se chama “I Don’t Wanna Dance”, entre vários outros sucessos (hoje à noite serão postadas mais músicas e inclusive vídeos de algumas delas).

Além de todas essas músicas, não poderiam faltar as do Black Eyed Peas. Ele tocou singles como “Meet Me Halfway”, “The Time (Dirty Bit)”, “Just Can’t Get Enough”, e, é claro, finalizando com “I Gotta Feeling”, de uma forma especial, onde ele saiu do palco e cantou por diversas partes da boate de uma forma bem diferente e empolgada…! rs

Em “I Gotta Feeling”, depois de pegar nossa bandeira, ele a amarrou na cintura e ficou com ela até o final do show, levando-a até mesmo pro camarim depois. Depois ele desceu do palco e passou por toda a parte “subível” da boate. Ele subiu na bancada de bebidas, cantou um dos versos da música lá, depois subiu na cacunda (se pôs sobre os ombros) de um dos seguranças pessoais, e o levou para cima da madeira que separa os camarotes e ficou se equilibrando como uma “corda bamba”, e cantando…

Veja uma foto em que Taboo estava amarrando a bandeira:

Veja o momento que ele amarra a bandeira na cintura no vídeo de I Gotta Feeling,
a partir dos 0:28 segundos de vídeo (links no final do post)
Sua animação foi contagiante, foi uma noite incrível! Como uma festa “particular” para os peabodies que estavam ali para curtir. Digo “particular”, pois foram bem menos pessoas que o esperado, uma vez que demoraram para fechar a data o mais breve possível e vender os ingressos, além do pouco tempo de divulgação que teve na mídia. Mas isso não foi motivo de desânimo para Taboo, que comandou a festa de uma forma com que ninguém ficasse parado.

O show termina com “I Gotta Feeling” e todo aquele sentimento, estranhamente, não passou assim de repente. Acredito que foi por causa da simpatia e simplicidade que Taboo nos tratou e levou o show adiante.

Taboo saiu das pick-ups e novamente o DJ residente da casa volta para continuar a animar o pessoal até o final da festa. Taboo foi para seu camarim e ficamos o esperando na parte de fora.
Os seguranças ficaram postos para “protegê-lo”, e, para facilitar a vida deles, disseram que ele iria sair pelos fundos. Como nós que já somos fãs e sempre temos desconfiança quando os seguranças falam isso, fomos para a parte de trás da boate rapidamente só para verificar. Mas, como eu esperava, não tinha nada. Nenhum carro estava pronto pra o Taboo entrar.
Fomos correndo para frente, e eis que Taboo estava quase entrando no carro, mas conseguimos o interceptar. Ele parou especialmente para falar com a gente, disse que nós fomos demais e que estava muito contente fazendo uma tour pelo Brasil. Ficou pacientemente tirando fotos com a gente e dizendo poucas palavras. Nós retribuímos e falamos que nós amamos ele e os Peas, e todos dizendo pra seguirem seus respectivos twitters.

Como disse, Taboo, simpaticamente, tirou uma foto com a gente!

Depois de fotos na parte externa do clube, Taboo entra no carro e vai embora.

E é mais um sonho que se realiza, conheci mais um Pea pessoalmente. Tirei várias fotos, gravei, falei, abracei e me senti mais fã ainda depois desse contato pessoal com o Taboo. Todos as cidades que receberão esse show, os peabodies tem que entrar nessa experiência!

Muito obrigado, Taboo! Muito obrigado Black Eyed Peas! Por existirem e fazer a felicidade de vários peabodies, não só no Rio de Janeiro, não só no Brasil, mas também pelo mundo!

 

Confira vídeos exclusivos do PortalBEP, gravados diretamente do Rio de Janeiro:

 

Pump It, do Black Eyed Peas

Good Feeling, do Flo Rida
Ele pega uma câmera de um peabody e começa a gravar o pessoal que estava ali na frente.
Depois ele desce pra pista de dança e começa a dançar com a galera!

Barbra Streisand, do Avicii
Ele faz uma espécie de “Hey, Oh!” com os braços, para o lado esquerdo e direito

The Time (Dirty Bit), do Black Eyed Peas
Ele vê que todos os peabodies da frente estavam cantando freneticamente e aponta diversas vezes o microfone para frente para todos cantarem a música à capela. Ele ficou super feliz em ver que todos estavam animados e cantando bem forte, provando que mesmo com poucos peabodies pode se fazer bastante barulho! E, além disso, ele dançou muito durante a performance.

Onde vocês estão, galera?
Ele sobre em uma das caixas de retorno de som e começa a perguntar em que cidade ele estava
na hora. Citou diversas cidades, e por último, obviamente, o Rio de Janeiro, liberando
a batida para todos dançarem e pularem muito!

I Don’t Wanna Dance, do Alex Gaudino (feat. Taboo) / Seven Nation Army [Remix] (The White Stripes) / One (Your Name) [Swedish House Mafia]
Ele cantou ao vivo a nova música do Alex Gaudino em que ele participa. Ele ficou muito feliz em perceber que nós já sabíamos e estávamos cantando alguns trechos do refrão.
E essa mixagem foi sensacional, pois ele encaixou ainda “Seven Nation Army” e “One (Your Name)”. Demais!

Danza Kuduro, do Don Omar
É um dos momentos inusitados desse DJ Set. Ele começa a tocar a música, mas ele fica tão empolgado que desce para a pista e começa a dançar kuduro com o pessoal.

Rap das Armas, do Cidinho e Doca
Ele tocou uma das músicas mais tocadas dos DJs internacionais aqui no Brasil. “Rap das Armas” sempre faz sucesso nas baladas que os Peas fazem aqui no Brasil!
http://www.youtube.com/watch?v=_XKuzUahj70

Ela Balança Mas Não Para, do Mc Buiú
Pra alegria dos que gostam de funk, ele tocou esse funk antigo, voltando uns 4 anos atrás.
Ele arriscou cantar trechos da música, em português, é claro!

Otherside [Remix], do Red Hot Chili Peppers
Também música que nunca falta em algum set dos Peas aqui no Brasil.
Ele saiu da mesa de DJ e colocou o microfone para nós cantarmos.

Give Me Everything, do Ne-Yo (feat. Pitbull)
Falou que adorava a gente e colocou todo mundo pra pular,
com batidas fortes e diferentes da versão original.

Taboo festejando e tirando fotos com o pessoal
Durante “We Found Love” da Rihanna, Taboo desceu do palco e
tirou várias fotos com o pessoal da pista.

Zumba
Versão diferente da música. Ele arriscou interagir com a plateia.

Meet Me Halfway, do Black Eyed Peas
Ele saiu da mesa e colocou todo mundo pra cantar! Ele deu o microfone na minha mão e nós começamos a cantar em coro enquanto ele ficava na mesa. Essa parte foi demais pra mim… rs
Voltou para a mesa, depois insinuou que estávamos “afinadíssimos”, saiu da mesa de novo e cumprimentou cada um que estava ali na frente. Depois deu autógrafo em várias bandeiras.

Just Can’t Get Enough, do Black Eyed Peas
Todos cantaram juntos o single “Just Can’t Get Enough”. Muito bom!

I Gotta Feeling, do Black Eyed Peas
A parte mais especial de sua apresentação, como já foi descrita durante o post.

Veja sem precisar de abrir vídeo por vídeo! Clique aqui e entre
na nossa playlist do show do Taboo no nosso Canal do Youtube!

 

Em breve, mais fotos do evento! 🙂

Por @bielsantanaa

Autor do Post
Gabriel

Comentários

5 Comentários
  1. postado por
    TiaBEP
    maio 12, 2012

    Cara… q legal!!!!! Fiquei feliz junto com vc. Beijo da TiaBEP.

  2. postado por
    Bahia
    maio 13, 2012

    Foi muito bom mesmo ! Postarei fotos mais tarde !

  3. postado por
    salaroli
    maio 13, 2012

    Muito Muito Bom mesmo! Melhor impossível!

  4. postado por
    @sonofcarlisle_
    maio 15, 2012

    O Taboo não nos deu drinks aqui em Fortaleza! kkkkkk mas foi perfeito ficar bem pertinho do palco e eletrizar com ele! ^^ 

  5. postado por
    Sayure Ferg’s
    maio 19, 2012

    y a camera era a MINHA
    OMG! o Tab eh ultramagnetic Perfeito!
    sem palavras
    tudo akilo q vivi nakela boate realmente foi um sonho! um sonho REALIZADO!
    *______________________________________*

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!