Um rápido encontro com Fergie no Carnaval do Rio de Janeiro

Desde o momento que nós soubemos e anunciamos a vinda de Fergie para o Carnaval no Brasil, tanto em Florianópolis quanto no Rio de Janeiro, já estávamos muito felizes em saber que ela pisaria em solos brasileiros. Mas o que era ótimo, ficou melhor ainda ao saber que a Head&Shoulders a traria para o Camarote Caras, onde “eu teria o acesso” (bem entre aspas mesmo). Porque mesmo estando dentro do camarote, não tinha nada garantido que teríamos algum contato com ela.

Entrei no Camarote Caras por volta das 21h. O ambiente lá dentro era totalmente o contrário do externo. As músicas, as pessoas, o clima do ambiente eram totalmente diferentes do samba que estava soando lá fora. Muitos artistas já estavam curtindo o evento, o DJ já estava tocando hits famosos, inclusive do BEP, como “My Humps” e “Don’t Phunk With My Heart”, mas tudo estava normal.

Antes de começar a fazer a cobertura pro PortalBEP, já sabia que o pessoal do FergieBR iria também cobrir o evento e consegui encontrar o Angelo e Aline (dono e membro do FergieBR, respectivamente) no meio do pessoal que já estava presente lá.

Fergie estava demorando para chegar, todos aguardavam ansiosos pela aparição dela. Já era 23:30 e nenhum sinal dela.


Primeiro fiquei sabendo pelos produtores que ela chegaria em cerca de 1 hora, depois de alguns minutos me disseram que ela já havia saído do hotel e que em mais ou menos 30 minutos já estaria lá. Até que, a partir de 00:00 começavam as movimentações dos seguranças, que ficaram em pontos estratégicos da entrada. Um ficou na entrada do camarim, dois na entrada traseira do camarote e vários outros no lugar onde ela desembarcaria. E, aproximadamente às 00:37, Fergie chega por trás das arquibancadas do Setor 11 da Sapucaí. Cercada de seguranças por fora do camarote, ela foi escoltada até a entrada do evento. Já dentro do camarote, foi criado um cordão “imaginário” para abrir espaço, um corredor, para que Pascal (que, para quem não sabe, é segurança pessoal da Fergie) levasse-a direto ao Camarim VIP.

Ela vinha passando pelo corredor com uma expressão facial normal, não parecia mais que estava passando mal, tanto que, quando eu dei um tchauzinho, ela deu um sorriso e retribuiu dando outro tchauzinho, com uma bolsinha na mão direita. Confira:

Fergie ficou dentro do Camarim VIP cerca de 40 minutos. Enquanto isso, eu, Angelo e Aline ficamos conversando sobre as expectativas da noite, ficamos comentando sobre como ela estava e como seria a apresentação dela na noite… Depois de todo esse tempo dentro do camarim, começou uma sessão de fotos individuais, e depois com artistas e convidados.

A filha de Glória Pires, Ana Pires, de 11 anos, obviamente conseguiu entrar com sua mãe no camarim e teve uma conversa com Fergie, além de ter tirado uma foto. Ela quando saiu do camarim, vimos que ela havia ficado muito feliz e depois chegou a chorar de emoção. Ana disse: “Eu sou fã da Fergie desde sempre, fiquei muito feliz”, a mãe Glória Pires explica: “Ela entrou em estado de choque quando a viu”.

O acesso ao Camarim VIP era totalmente restrito, pouquíssimas pessoas tinham acesso, nem muitos outros artistas famosos não conseguiram entrar. O Camarim VIP era diferente do camarim normal, apesar de estar contido nele, pois havia muito mais exclusividade, mais cuidados especiais. Somente Fergie usaria aquele camarim naquela noite.

Depois de alguns minutos de espera para vê-la novamente, eis que o manager de Fergie aparece para fora das cortinas do camarim. Conversamos alguns minutos com ele para que pudéssemos vê-la e tirar foto com ela. Depois de muita insistência e muita explicação, a entrada felizmente (muito felizmente) foi autorizada. Esperamos uns 2 minutos até que, enfim, entramos no Camarim Head&Shoulders.


Entrei primeiro no camarim, pois estava mais próximo da entrada. O nervosismo e o coração batiam muito fortes. Estava super ansioso em encontrar, pela primeira vez pessoalmente, a minha (e nossa) querida Fergie. Ficamos posicionados em frente ao backdrop da Head&Shoulders aguardando ela sair do Camarim VIP, até que, ela é chamada por trás das cortinas. Depois de alguns segundinhos, surgem suas mãos abrindo as cortinas, vestindo uma blusa branca com uma jaquetinha azul e com uma calça com uma malha diferente, e com seus cabelos loiros e sua feição linda. Eu, sem pensar, automática e involuntariamente fui caminhando lentamente à ela e a abracei bem forte e disse: “Não acredito que estou na sua frente, meu Deus!” e ela respondeu carinhosa: “Calminha, baby… calma”. Ela também cumprimentou calorosamente o Angelo e Aline, e começamos a bater um papinho. Ela falou que já esperava que o FergieBR e o PortalBEP (ou um, ou outro, ou ambos) fôssemos atrás dela. Ela deu uma pausa, e falei que estava muito nervoso e que não estava acreditando que tudo isso era verdade, e ela fez cara de “Own, que isso!” e me abraçou novamente. Ela disse que havia me reconhecido e que também reconheceu o pessoal do FBr. Depois disso ela abriu o diálogo dizendo que estava muito feliz em ter encontrado a gente lá, por que sempre que algum crítico ou a própria mídia diz algo negativo sobre ela, a gente sempre está lá para rebater e falar positivamente sobre ela, e que também estava muito feliz em estar no Brasil. Aí ela olhava a gente, notando que estávamos muito felizes e bobos em vê-la e começou de repente a fazer uma dancinha com os ombrinhos, como se estivesse “sambando”. Nós nos animamos e a acompanhamos nessa dancinha do ombrinho. Depois ela viu que eu estava animado e sorridente pra caramba. Olhou para minha boca sorrindo e me zoou: “Wow, você usa aparelho! Ele é coloridinho… mas você não precisa usar essa coisa!”. Eu dei uma risada e ela também. Mas tudo isso foi tão rápido, tão surreal e tão grande que todo o meu inglês sumiu. Não conseguia mais falar outras coisas, fiquei tão travado que não saía nada. Depois disso, vem o Willian nos avisar que “já estava na hora de tirar a foto”. Pois bem, os fotógrafos que estavam ali não tiraram fotos nossas, tivemos que recorrer à minha máquina pra conseguir registrar esse momento. Ele mesmo tirou as fotos. Confira a primeira:

Parece que ele mesmo reconheceu que não tinha tirado uma boa foto, e falou “Ok, deixa eu tirar mais uma”. E tirou:

Nós a cumprimentamos novamente. Não muito felizes agora, pois nosso encontro tinha terminado. Pascal estava com um semblante amigável, bem diferente do que ele fica quando está em qualquer show do BEP: “Ok meninos, tchau. Agora podem sair”. Saímos lentamente, mas muito emocionados e sorridentes de lá.

Ficamos ainda esperando, pois ela não iria embora tão cedo. Saberíamos que ela teria que passar pelo corredor novamente (mas, é claro!).


E, depois de mais uns 20 minutos, ela passa pelo mesmo corredor que entrou. Todos nós pensando que ela iria para o palco para começar a cantar. Que nada! Ela subiu as escadas e foi direto para as frisas (parte do Sambódromo onde as pessoas tem a visão mais próxima do desfile, em pé). E lá ficou, quase 20 minutos, posando para fotos, conversando com alguns artistas, fazendo dancinha com os ombros (igual ela fez conosco dentro do camarim) e também rindo bastante. Veja o vídeo completo de Fergie nas frisas do Camarote Caras no Sambódromo da Marquês de Sapucaí:

Saiu das frisas, acompanhado de seguranças e voltando para seu Camarim VIP novamente. E ficamos aguardando o anúncio para que ela cantasse para todos nós.

O DJ começa a anunciar uma artista, que é super famosa, tem vários hits, sucesso em vários cantos, e coisa e tal… e tal e coisa… e “que agita a Bahia”. Aí nós paramos e não acreditamos que não seria a Fergie. A artista que ele se tratava era Daniela Mercury, que fez um pocket show totalmente ao vivo (excelentemente ao vivo), que posteriormente foi completado com a presença da ilustre ‘cantora’ Danielle Winits. O tempo passa, mais de 30 minutos de show com Daniela. Ela, que parecia saber que Fergie não cantaria, insistiu em chamá-la, cantando um trechinho de “Mas Que Nada” e depois “I Gotta Feeling”. Mas não adiantou.


Enquanto Daniela fazia seu pocket show, Fergie já havia saído, por algum lugar que ninguém conseguiu ver. Ninguém soube como ela saiu sem que alguém percebesse.

Fergie saiu do Camarote Caras com as roupas já trocadas e partiu diretamente para o Camarote Devassa. O resto da história de Fergie no seu primeiro dia de carnaval carioca na sua vida você pode ver aqui nesse post.

Nós continuamos no camarote curtindo a festa e tudo o que ela tinha para oferecer. Fiquei triste por Fergie não ter cantado, mas infinitamente feliz por ter acontecido toda aquela recepção que nós tivemos em seu camarim.


Foi incrível, inexplicável e inestimável esse primeiro contato pessoal com a Fergie. Bem típico do fã que ama muito seu ídolo e quando o encontra, fica totalmente emocionado. Uma sensação única! Sei que não fui o primeiro e também não serei o último a encontrá-la, mas a minha parte eu tentei contar e expor minhas emoções aqui para todos vocês.

E que eu (novamente) e muitos outros peabodies consigam realizar esse sonho único!

Como o will sempre diz: “Dream big!”. Eu sonhei e consegui! 😉

Por @bielsantanaa

Autor do Post
Gabriel

Comentários

14 Comentários
  1. postado por
    Iaraprates
    mar 2, 2012

    Jealous much! Maaaaaaaas, que bom que tu conseguiu, mesmo! Ainda é meu sonho, e vou conseguir encontrá-la! Parabéns, excelente matéria.

  2. postado por
    Jonathan Bahia
    mar 2, 2012

    UHulll, muito maneiro, fiquei emocionando aqui lendo, imagine na hora.

  3. postado por
    Andresa Larissa
    mar 2, 2012

    Fã é assim mesmo mim lembro da primeira vez que vi ela no show do BEP não conseguia falar nada parece que agente trava na hora. 🙂

  4. postado por
    Lucas Avelino
    mar 2, 2012

    .        ♥

  5. postado por
    Phellipe Salaroli
    mar 2, 2012

    DEEEUS, que emocionante!!!!!

  6. postado por
    Vick
    mar 2, 2012

    Gente parabens!!! voces são os fãs mais exforçados que eu conheço !!! 

  7. postado por
    TiaBEP
    mar 2, 2012

    O sonho é o primeiro passo para a conquista. PARABÉNS!!! Espero ansiosa pelo meu dia ;D

  8. postado por
    Amanda
    mar 2, 2012

    Nossa, amei! Não vejo a hora de chegar a minha vez… pelo menos eu vou correr atrás kk ^^ Mas muito perfeito, parabéns! *-*

  9. postado por
    Guto :)
    mar 2, 2012

    chorei aqui, de boa! Sei o que é isso… No show de BH em 2010 , eu consegui um autógrafo dela, e a sensação de encostar a minha mão na mão dela foi surreal pra mim. Eu também travei todo e não conseguia fazer nada além de chorar…  Nessa hora, estava em um intervalo após “Where is the love” , a única coisa que ela disse no microfone pra mim foi : ” – Please, Don’t cry, don’t cry! Smile, We gotta a show still! ” foi mais ou menos isso..  toda vez que vejo esse meu vídeo, me arrepio todo e não acredito que isso aconteceu!  Parabéns pra vocês que conseguiram a atenção dela, isso sem nenhuma outra explicação é sonho, no qual você nunca mais quer acordar! 🙂

  10. postado por
    Maria Clara Oliveira
    mar 3, 2012

    cara de boa eu tbm me emocionei aqui lendo a materia!é q vcs explicam ta bem detalhado as coisas q parece q a gnt estava la com a Fergie!Parebens pra vcs e confesso q senti um pouco de inveja!mais pena q ela  n cantou e so cantou aquela mulher q deve tipo ser um BAGULHO cantando musicas do BEP!Mais vcs estao de parabens e é por isso q eu amo o BEP  e a Fergie tbm e vcs tbm por nos informar!bjss

  11. postado por
    Marcolino Viana
    mar 12, 2012

    Galera me ajudem a divulgar minha página por favor==

    http://www.facebook.com/polishop.com.vcMARCOLINOVIANA

    obrigado *-*

  12. postado por
    PortalBEP.com | The Black Eyed Peas Portal – Fan Site
    maio 12, 2012

    […] do carro e entra direto para seu camarim. Não foi tão conturbado e cheio de seguranças como a Fergie no carnaval, mas tinha um pequeno esquema para garantir que ele chegasse bem até lá dentro. Mas tudo ocorreu […]

  13. postado por
    Leone Cortez
    set 13, 2012

    fergie perfeita

  14. postado por
    Nando
    dez 9, 2013

    AH EU sei q um dia vou encontrar tanto a Fergie qnto os Peas
    eu tenho essa fé de ter um contato melhor do que tive no show dele em fortaleza
    #ILoveBep

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Where's the ❤️❓