Taboo fala sobre turnê no Brasil e novo álbum do BEP

TabooConfira mais uma entrevista de um Pea para algum jornal do Brasil.

Agora foi a vez do jornal “Estado de Minas” divulgar sua entrevista com Taboo. Ele inclusive fala que ‘Bang bang get it’, rumor inventado no Wikipédia e que muitos sites colocaram como se fosse o 1º single do “The Beginning”, não existe. Confira:

Esqueça o show do Black Eyed Peas (BEP) em novembro de 2006 no Mineirão. A vinda da maior banda pop da atualidade a Belo Horizonte vai deixar aquela apresentação com cara de mero ensaio. Os números da turnê The E.N.D., que chega aqui dia 27, mais do que provam isso. Uma entourage de 250 pessoas acompanha Will.i.am, Apl.de.ap, Taboo e Fergie nessa vinda ao país – a turnê nacional, que percorre nove cidades, começa no dia 15, em Fortaleza. Foram reservados 140 quartos de hotel para abrigar tanta gente. O camarim da banda, que será montado no Mega Space (a expectativa é de 20 mil pessoas no público) tem 400 metros quadrados. O valor dos ingressos, como não poderia deixar de ser, também é superlativo: varia de R$ 160 a R$ 1 mil. Acredite: até o presente momento, ao menos 10 pessoas desembolsaram dois salários mínimos para assistir ao show do palco.

“Na outra turnê, éramos apenas nós pulando no palco e a banda que nos acompanhava. Agora, nosso show tem troca de roupa, grande aparato de luz, cenário, dançarinos, coisas que nunca tivemos antes. Quando pensamos nessa turnê quisemos fazer algo bem diferente, criar uma experiência. Imagine o cara que paga US$ 100 para nos ver e, quando volta para um novo show, anos depois, encontra a mesma coisa. Não pode ser assim, tanto que criamos algo para ficar na memória das pessoas”, afirma o rapper Taboo, a parte latina da multirracial banda.

É claro que o BEP tem cancha para fazer turnê tão ambiciosa graças também aos números que acompanham o disco que deu origem ao show. Lançado em junho de 2009, The E.N.D. (sigla para Energy never dies, ou a energia nunca morre, em bom português) vendeu, até agora, 2,6 milhões de cópias nos Estados Unidos e 7,33 milhões em todo o mundo. O álbum foi ainda campeão da Billboard com as faixas Boom boom pow (12 semanas no topo da lista) e I gotta feeling (14 semanas). Ou seja: durante seis meses de 2009, o BEP foi o grupo mais ouvido do mundo.

Hoje muito mais dance pop do que o hip hop que lhe deu início, há 15 anos, o BEP, de acordo com Taboo, vai além de qualquer rótulo. “O que buscamos é criar boa música para o mundo. Nosso som é único, acho também porque cada um de nós quatro vem de formações diferentes.” Não custa nada lembra que em seus primeiros oito anos, ainda sob forte influência do hip hop, o BEP não tinha grande alcance. Somente a partir de 2003, com a entrada de Fergie, é que o grupo chegou efetivamente ao topo. “Quando começamos, não tínhamos uma vaga ideia de onde iríamos chegar. Hoje em dia ficam falando que somos uma banda pop. Somos, se esse pop significa ser popular, pois o hip hop ainda continua sendo nossa principal matéria-prima.”

INGREDIENTES Letras de duplo sentido, uma vocalista que esbanja sensualidade (e virou garota-propaganda de uma pá de produtos) e uma batida que convida para a pista são os ingredientes principais do BEP. Hoje, sua música está em todos os lugares. Seu público acabou se expandindo, e não raro se veem crianças entre os fãs. “Na hora de criar, não fazemos restrições às letras por conta de nosso público. Canções como My humps e Boom boom pow são divertidas, músicas que pessoas de 25 anos, como nós, irão gostar. Não acredito que a sexualidade das letras ofenda nosso público, mesmo as crianças”, continua Taboo,

Não há como negar que boa parte do sucesso de The E.N.D., o disco, deve-se a I gotta feeling, insuportavelmente executada à exaustão desde seu lançamento, há mais de um ano – 10 dias depois do show do BEP, o DJ e produtor francês David Guetta, que produziu a faixa com a banda, retorna a BH. “I gotta feeling é realmente o grande momento do show, em que todo o mundo pula. Acho que ela resume o sentimento dessa turnê, como se o objetivo final fosse alcançar tal sensação que a música transmite”, diz Taboo.

A intenção é continuar com a turnê até meados de 2011. Mesmo assim, a banda já fala sobre o substituto de The E.N.D., que, contrariando a ordem natural das coisas, vai se chamar The beginning. “Não acredite em tudo que está na internet”, afirma Taboo, quando perguntado sobre o lançamento do primeiro single deste álbum, anunciado, em vários sites, para sair amanhã. “Não temos sequer uma música com o nome de Bang bang get it (o nome da tal canção). E, na verdade, ainda não existe nenhuma faixa pronta (a imprensa especializada norte-americana está anunciando o álbum para novembro). Só sabemos que o disco deve ser lançado no ano que vem. Por ora, estamos concentrados na turnê”, conclui.

ESTRANHO NO NINHO
Quando foi anunciado que Tomate abriria o show do Black Eyed Peas no Mega Space, choveram críticas em redes sociais e fóruns de discussão. Afinal, o que um cantor de axé teria a ver com o combo norte-americano? Bem, em BH, o show tem duas produtoras locais: a Malab e a DM. Esta última é a realizadora das micaretas em todo o estado. Seja como for, os espaços serão bem definidos. Tomate vai se apresentar em cima de seu trio elétrico, Dragão da folia, bem antes do show principal – às 20h, duas horas antes do BEP. Algumas das outras capitais onde a banda vai se apresentar também terão shows de abertura. Salvador é outra que vai na onda do axé, com a Timbalada. Já São Paulo, última cidade brasileira onde o grupo se apresenta, vai contar com David Guetta.

BLACK EYED PEAS
Show The E.N.D., dia 27, no Mega Space, em Santa Luzia. Abertura com Tomate. Ingressos: Pista, 2º lote, R$ 160 e R$ 80 (meia); pista premium, 1º lote, R$ 360 e R$ 180 (meia); camarote, R$ 280 (feminino) e R$ 320 (masculino); espaço golden, R$ 1 mil e R$ 500 (meia). Classificação etária: 16 anos (para todos os espaços, à exceção do camarote, que é 18 anos). Informações: (31) 2535-3818 e www.blackeyedpeasbh.com.br.

Clique na foto abaixo e confira o Scan da matéria:

imagebam.com

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Comentários

5 Comentários
  1. postado por
    @wallysond/Douglas
    out 5, 2010

    “Só sabemos que o disco deve ser lançado no ano que vem….” acabou minha alegria! 🙁

  2. postado por
    Tito
    out 5, 2010

    Bem que podia ser verdade, eu quero logo uma música nova do novo cd!

  3. postado por
    @jeroaan
    out 5, 2010

    minha cabeça está confusa OMG!
    quando sai afinal ???
    estava tudo tão bom… mas não gostei muito do nome: bang bang get it

  4. postado por
    Clebãum
    out 5, 2010

    Sabia! Em entrevista o will e o apl disseram que não sairia esse ano. Eu até estranheiro a ‘Billboard’ dizendo que sairia dia 30 de novembro. Bom, que venham os singles 🙂

  5. postado por
    ELTTON
    out 6, 2010

    De fato tava mto estranho esse cd sair em novembro,+ o que importa e que tem um novo cd na parada e que vai chegar logo logo,BEP e foda.

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!