Os Peas são “Os Embaixadores da Música das Nações Unidas”

Pé Grande. Triângulo das Bermudas. Black Eyed Peas.

Estes são os mistérios do universo, mas apenas um aparece em Chicago esta semana: The Black Eyed Peas. Eles se apresentam sexta-feira na Allstate Arena, a penúltima data de sua turnê de 2010 nos EUA – e a segunda vez que tocam em Chicago em 12 meses (ou terceira, se você contar a sua performance na Michigan Avenue, no último outono para a estreia da temporada do “Oprah Winfrey Show”). E ainda assim, quem são esses Black Eyed Peas? O que são eles? Será que eles dormem? Comem? Patinam? Eles cantam e dançam. Eles vendem milhões de discos e, segundo a Pollstar, a revista de comércio da indústria de shows, a turnê do Black Eyed Peas é a sexta mais bem sucedida do país, no que tem sido um ano difícil para a venda de ingressos.

Sim, esses fatos sugerem que eles são artistas de gravação. E ainda …

Imagine que você não tinha ideia de quem os Black Eyed Peas eram. Imagine que você ouviu um dos seus hits pops-R & B-rap-club-retumbantes-meio-jingle-de-comercial e constatou que não se encaixam corretamente em um único gênero no Top 40. Imagine que os viu em um comercial para uma das dúzia de empresas que os estão patrocinando. Imagine que você viu um vídeo deles no show e se perguntou por que eles representam tanto e parecem tão bravos. Ou por que os seus trajes e posturas não sugerem um ato musical, mas uma quase Liga da Justiça. Imagine que você foi para seu Web site para obter respostas. O mais próximo de uma explicação que sua biografia oficial chega é: “Eles transcenderam as suas raízes  hip-hop vigilante e tornaram-se um fenômeno global …”

O que é ao mesmo tempo verdadeiro e necessariamente vago: os Black Eyed Peas são o futuro da cultura pop. Eles são difíceis de definir, ainda em evolução de identidade. Seu líder, um homem chamado will.i.am, disse que pensa em termos de “Pessoas do Amanhã” e “Pessoas de Ontem”. Pessoas de Ontem vêem a indústria da música em termos de artistas que tocam música. Pessoas do Amanhã vêem-se em termos mais amplos – artistas, parte da imagem da peça, parte do conglomerado multinacional, parte da opção de estilo de vida pós-moderna.

Dito isto, o que eles colocaram em um W-2?

Liguei para a AEG Live, promotora da turnê. Perguntei: “O que são os Black Eyed Peas?” Houve uma longa pausa do outro lado da linha, então foi encaminhado para a agência dos Peas, DAS Communications. Eles fizeram uma pausa, então me encaminharam para uma publicitária na Interscope Records, que disse que os Peas são “tipo performistas”, mas disse que ela ia retornar. Pouco depois, recebi uma nota de William Derella , manager dos Peas: “Nós os chamamos de Os Embaixadores da Música das Nações Unidas.” O que é encantador e dialoga com seu apelo universal, mas não com a sua capacidade para conter multidões. E foi aí que eu decidi lidar com o problema com minhas próprias mãos:

**

Possibilidade No. 1: Um grande grupo de gravadores.

Evidência: Eles já venderam 35 milhões de álbuns, ganharam seis Grammys, o single “I Gotta Feeling” passou 12 semanas como número 1 na Billboard Hot 100 chart.

Assim, Erik Bradley, diretor de música da B96, o que você acha? “Eles são definitivamente um ato musical, e um ato de gravação valioso. Eles têm criado e ampliado um nicho que as pessoas gostam, uma fusão de diferentes músicas (pop). Mas eram um tipo de hip-hop underground em primeiro lugar. Nem mesmo rádios urbanas tocavam suas músicas – então eles passaram de um grupo de hip-hop a um cruzamento, e a um dos maiores grupos do mundo. Colocar Fergie na mistura (em 2001) apenas consolidou o que tinham. … Mas gostaria de salientar aqui que uma das razões pelas quais tornaram-se um ato popular tem muito a ver com eles abraçarem suas outras qualidades. Há um elemento de performance neles que provavelmente não é muito distante de Lady Gaga, que se tornou um fenômeno tão grande “.

**

Possibilidade No. 2: Uma performance de arte coletiva.

Evidência: Fora do palco, os membros muitas vezes parecem estar simplesmente posando para seu próprio bem, ou para serem admirados por sua capacidade de suportar seu próprio peso. A partir disso, entendemos que a persona é o ato, e o ato é a persona. Em sua atual turnê (“BlackBerry Apresenta The END World Tour 2010”), eles surgem a partir do que parece ser o interior de um computador e são rapidamente cercados por pessoas de branco, roupas coladas a pele coberta de finas linhas pretas semelhantes aos desenhos de  Keith Haring . Esses dançarinos, em seguida, fingem ser amplificadores de som, mais tarde, eles usam máscaras vermelhas. Um Pea (will.i.am) usa uma máscara metálica de  ópera, Fergie emerge do chão em um vestido brilhante semelhante a armadura e canta sobre “humps”. O membro Taboo passeia de moto sobre a audiência, apl.de.ap parece servir a um propósito claro. A interação com o público é mínima e aparentemente ensaiada.

Assim, Michael Darling, curador chefe do Museu de Arte Contemporânea de Chicago , o que você acha? “A arte da performance significa coisas diferentes para pessoas diferentes, mas tudo o que descrevo aqui é sugerir que eles são artistas performáticos. É multi-disciplinar. Ele não se encaixam na definição tradicional do que um grupo pop faz. Eles estão cultivando um ar de aspectos esotéricos e afastando-se do verdadeiro significado para um território um pouco mais ambíguo. Certos aspectos me lembram de outros atos com fundamentos da escola de arte, como os Talking Heads e Devo. Entretanto, artistas performáticos sérios costumam fazer algo que precisa acontecer em tempo real e requer interação com o público que provavelmente não é programada como a deles.  A Arte da performance pode ser programada, mas também é comum permitir a possibilidade de que cada performance seja única e específica do local. Eu não estou certo de que esta parte seja cumprida “.

**

Possibilidade No. 3: Uma marca.

Evidência: Você alcança o que você espera. Além disso, eles têm apoiado ou sido patrocinados por várias empresas, incluindo a Verizon, Pepsi, Apple, Best Buy, Dr. Pepper, Samsung, a NBA – e muitas outras. O Wall Street Journal chamou-lhes  de “a banda mais Corporativa da América.” Sua atual turnê é patrocinada pela BlackBerry e Bacardi, a cada noite,will.i.am faz freestyles usando textos enviados pela audiência a uma tela grande da BlackBerry.

Então, Bob Killian, diretor executivo da Chicago-baseado Killian Branding, o que você acha? “Eles são absolutamente uma marca! Construíram-se nesta entidade pós-racial, não-ameaçadora. E eles fizeram isso de uma maneira que não parece artificial. Parece autêntica. O fato de serem talentosos ajuda, mas eles também são um sucesso em parte porque, como qualquer boa marca, não há muita espontaneidade lá. Lembre-se, cada marca é uma promessa. E mais, eles se parecem com as crianças do poster as quais a  América espera assemelhar-se no futuro. Então, naturalmente, as empresas estão felizes de estarem aliadas a eles “.

**

Possibilidade 4: Uma equipe de super-heróis.

Evidência: No show, eles aparecem pela primeira vez banhados em lasers verdes, braços cruzados. Eles pulam, então se ajeitam, de braços cruzados. Seus trajes incluem roupas espaciais, armaduras, roupas de couro e e macacões . Eles tem codimomes: o educado Jaime Luis Gomez é na verdade Taboo! Além disso, embora composta por quatro membros, apenas dois (Fergie e will.i.am) têm personalidades distintas – o que é típico das equipes de super-herói clássicas.

Assim, Terry Gant, proprietário do Third Coast Comics em Edgewater, o que você acha? “Eu acho que se encaixam no molde do super-herói. Se eles se odiassem seria uma equipe da Marvel, mas eles são definitivamente DC: Eles se complementam. Não tenho ouvido falar de nenhuma briga relacionada aos Black Eyed Peas. Eles são como lutadores profissionais, também, na medida em que eles realmente acreditam em suas estratégias. Sento-me aqui o dia todo e percebo como as pessoas na cultura pop estão buscando elementos em super-heróis, mas quando você se apresenta em um clipe como um gênio andando na lua com um elefante ou alguma coisa do tipo atrás de você, cara, você é um super-herói. “

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Comentários

11 Comentários
  1. postado por
    Wesley
    ago 11, 2010

    Estou aqui em choque!
    Não sei nem o que comentar!!
    Os Peas tão dominando *-*

  2. postado por
    Brunna
    ago 11, 2010

    Ai, como eu amei esse post!!!
    Ficou muito MARA!!! Perfeito mesmo…
    Parabéns PortalBEP!!!
    Minha opinião: os Peas são meus super-heróis!!!

  3. postado por
    Guilherme
    ago 11, 2010

    sem palavras *–*

  4. postado por
    Sayure Ferg’s-Ninguem ama o BEP mais do que eu!=D
    ago 11, 2010

    O que são os Peas?
    É a união das 4 exceções da regra:os Perfeitos!Uma junção que começou de forma discreta com 2 Deles y com o passar o tempo se completaram!
    Finalmente os 4 reunidos,vieram pra mostrar que o mundo da música não está perdido em apenas batidas,letras vulgares falando de riquezas y mulheres que usam o seu corpo como instrumento,como muitos estavam começando acreditar.
    Aguardaram o momento certo para mostrar as pessoas que acreditaram no fim,que tudo era apenas o começo y que A Energia Nunca Morre,Nunca Acaba!Vieram pra Inaugurar a nova era da música: a era 3008!Onde as coisas estão super informatizadas,computadorizadas,mas as pessoas ainda são pessoas!Eles conseguem fazer multidões mexerem seus corpos com ritmos super dançantes como em Boom Boom Pow,Rock That Body,Imma Be,sem perder a essência do amor,dos sentimentos como em I Gotta Feeling,Meet Me Halfway,Simple Little Melody.
    Começaram como vários outros grupos:com um hip-hop underground,como foi citado acima,y com toda sua imaginação,criatividade,versatilidade,chegaram a um tão elevado patamar que estão virando lenda!
    Conquistando mais y mais fãs por todos os lugares que passam, fazendo pessoas mudarem de opinião aos seus respeitos a cada música que lançam y surpreendendo sempre quem já os AMAM!
    Sim,ELES são super-heróis,pois nenhum teve uma vida fácil y nem tiverem seu sucesso comprado com o dinheiro de seus papaizinhos!E mais ainda,são super-heróis porque a cada minuto estão fazendo mais sucesso y nem por isso deixam de pensar nos próximos,muitos antes pelo contrário,quanto mais sucesso fazem,mas se envolvem em obras,instituições de caridade y até mesmo em questões políticas como fizeram o Will y o Taboo!
    Estão em crescimento constante,mas são humildes,não esquecem de agradecer aos seus fãs,que ELES conquistaram por mérito,devido a tamanho talento!
    Enfim, os Peas são os Únicos,Incomparáveis,Inigualáveis THE BLACK EYED PEAS!*_*

    I Love The Black Eyed Peas forever and no one love more than me!=D

  5. postado por
    @PaulooPeabody
    ago 12, 2010

    Meus super-heróis com certeza… Se eu não me engano I Gotta Feeling ficou 14 semanas em #1, não 12…

  6. postado por
    Bruuuna –
    ago 12, 2010

    Estou ate sem fala ! E concerteza a melhor definiçao possivel é : Eles sao super-herois ! Pq eu nao pensei nisso antes ! Eles sao perfeitos, estao sempre nos surpreendendo e a cada dia que passa eles mostram que sao muito diferentes de qualquer banda que ja existiu ! Estou ate emocionada aq.
    Eu simplesmente AMO os incriveis Black Eyed Peas !!! 🙂

  7. postado por
    Nádia
    ago 12, 2010

    Paulo
    É, foram 14, o cara que fez a matéria errou…aliás, várias matérias americanas que tão saindo agora são cheias de erros!

  8. postado por
    Peabody4ever
    ago 12, 2010

    Kra, nao sei se eu entendi errado, mas eles nao falaram tão bem assim deles não 0.0.

  9. postado por
    V.
    ago 12, 2010

    Sayure Ferg’s-Ninguem ama o BEP mais do que eu!=D

    Finalmente os 4 reunidos,vieram pra mostrar que o mundo da música não está perdido em apenas batidas,letras vulgares falando de riquezas y mulheres que usam o seu corpo como instrumento,como muitos estavam começando acreditar.

    * * *

    Acredito que, hoje em dia, eles levam muito a música deles para esse lado sim.
    Em Imma Be e Rock that body isso fica bem explicito!

    Concordo com a matéria. Eles deixaram de ser apenas uma banda para serem uma marca.

  10. postado por
    Jonathan Bahia
    ago 12, 2010

    Matéria ótima, muito bom, The Black Eyed Peas não é só um grupo que tem um som maneiro com ótimas batidas. O Black Eyed Peas é uma família, que não é só composto pelo Will, Fergie, Taboo e Apl, tem muitas outras pessoas; pessoas que compõe e contribui para que o Black Eyed Peas tenha todo esse sucesso que está tendo, e considero também que nós fazemos parte dessa família.

  11. postado por
    @Jeroaan
    ago 12, 2010

    ótima matéria
    Black Eyed Peas, meus super-heróis

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!