Apl.de.ap concede nova entrevista

http://i116.photobucket.com/albums/o26/PortalBEP/32_apl_.jpg

Apl.de.ap do Black Eyed Peas ri secamente. “Nós apenas fizemos uma homenagem aos corpos das mulheres, sabe” ele diz. “Qualé.. todo mundo tem ‘humps’ (curvas). Não é nada negativo.” Na sua mansão no alto de Beverly Hills, o rapper do BEP fala sobre o grande hit da banda, ‘My Humps’, de um dos refrões mais notórios na história recente do pop (My Hump, my hump, my hump, my hump..). “Todos nós estavamos fazendo [a música]”, ele repete, “foi uma homenagem à anatomia da mulher.”

O Black Eyed Peas têm que comemorar: já trabalharam na campanha de Barack Obama, assim como com o cantor Bono do U2, Nelson Mandela e o CD mais recente, “The E.N.D”, passou a marca de cerca de 3 milhões de cópias vendidas somente nos EUA. O single ‘I Gotta Feeling’ também é cheio de recordes, incluindo a venda de mais de 10 milhões downloads em todo o mundo.

“Sabe, é incrível” diz Apl meio timidamente com o sotaque que ainda ostenta a marca de sua infância pobre nas Filipinas. “Quando fizemos esta música, não sabíamos que teria o sucesso que teve. Queríamos escrever uma música de festa de colégio. Mas ela estourou em todo o lugar. É impressionante como as pessoas foram atraídas por ela.”

Sobre a cantora britânica Cheryl Cole, que abriu shows do BEP na Europa e teve parcerias com will.i.am em músicas e fofocas, Apl é sincero, “Eu não tinha ouvido falar sobre Cole até quando o Will foi trabalhar com ela. Ela não é muito exposta nos EUA ainda. Só fiquei mais próximo dela quando ela abriu os nossos shows na Europa. Cheryl é uma pessoa muito legal – muito legal e com um ótimo carisma.”

Apl também fez questão de falar sobre o ator Tom Cruise, que estrela o novo filme ‘Knight and Day’, e que encontrou o grupo em um show em Londres e subiu ao palco para cantar junto com eles ‘I Gotta Feeling’, “Ele foi a um show nosso em Miami. Aquela foi a primeira vez que encontramos ele. Fizemos uma música para o novo filme dele, Knight and Day. Ele nos visitou em Londres. Aparentemente, ele conhecia as palavras para cantar ‘I Gotta Feeling’ – por isso demos a ele o microfone.”

Will.i.am também ajudou a campanha do presidente Obama, fazendo o single ‘Yes We Can’. “Nós ajudamos ele a criar aquele música. E nós encorajamos os mais jovens a participar. Acho que as crianças  devem começar a ter mais atenção com o que está acontecendo com a sociedade.”

O assunto agora está perto do coração do Apl. Depois que ele se mudou das Filipinas para Los Angeles aos 14 anos, ele foi surpreendido pela violência. Na escola racialmente dividida no bairro Boyle Heights, ele e seu amigo Will Adams (will.i.am) eram perseguidos por gangues.

“Tinham muitas guangues no colégio. Ao invés de entrar nesses grupos, resolvi dançar. Esse negocio de violência não era pra mim, sabe. Eu vim para os EUA para ter oportunidades. Vi várias pessoas em grupos de gangues. Eu não entendia aquilo – você vive nos Estados Unidos, você tem todas essas oportunidades. Então pra que entrar nessa fria?

O BEP descobriu o sucesso depois que Fergie entrou para a banda em 2003. Ela fez um impacto imediato no grupo – o primeio CD da banda com ela foi multi-platinado o que transformou o BEP em um fenômeno no mundo.

“Sempre usamos cantoras nas músicas, como Macy Gray. Quando saímos em turnê, não tinhamos ninguém para cantar as partes delas. Nos encontramos com Ferg em um dos nossos shows em LA. Ela nos deu o seu número. Para a música Shut Up do Elephunk, nós precisamos de uma vocalista. Alguém falou ‘ei, vocês se lembram daquela garota branca – vamos chamar ela para o estúdio’. Desde lá então nós nos tornamos amigos. Ela é uma de nós agora, não só uma garota.”

Na turnê mais recente, o Black Eyed Peas tem o apoio de várias empresas, como BlackBerry e Bacardi. Apl falou sobre essa ‘invasão ‘ de marcas que está presente sempre com o grupo. “Do jeito que a indústria da música está indo, você tem que encontrar outras vias para lucrar. Não basta só vender CDs. Se você pode fazer parceria com uma empresa, se ela sempre vai do modo seu estilo de vida, então é uma coisa boa.”

Apl admirava Michael Jackson, imitava seus passos na cidade de Pampanga, Filipinas. “Todo mundo quer ser Michael Jackson. (..) E foi assim como Will e eu nos conhecemos. Eu estava fazendo uma dança,  The Running Man, e ele me falou que eu estava fazendo errado. Olhando, pro passado, é muito hilário. Foi assim que começou nossa amizade.”

Adaptado pelo PortalBEP.com
Fonte: Independent.ie

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Comentários

5 Comentários
  1. postado por
    Tchello
    jun 25, 2010

    “Eu estava fazendo uma dança, The Running Man, e ele me falou que eu estava fazendo errado. Olhando, pro passado, é muito hilário. Foi assim que começou nossa amizade.”

    a história deles deve ser incrível!

  2. postado por
    Stefanie
    jun 25, 2010

    haha! que lindoo! ele é demais! *-*

  3. postado por
    Jeroan
    jun 25, 2010

    Gostei MUITO 😀

  4. postado por
    Carol
    jun 26, 2010

    Interessante =) … Ele parece ser gente boa … BepLoveYou

  5. postado por
    Sayure Ferg’s- Ninguém AMA o BEP mais do que eu!=)
    jun 26, 2010

    Ownnn
    super fofo y humilde Ele!
    Amuh d++++++++++++

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!