Will.i.am fala sobre o futuro da música

http://i116.photobucket.com/albums/o26/PortalBEP/98_will_mandeladay.jpg

Will.i.am foi entrevistado para um site da Nova Zelândia chamado “Stuff”, e falou sobre os Black Eyed Peas, confira:

A ceia de Will.i.am – Os Black Eyed Peas estão vindo à Nova Zelândia em outubro, mas Will.i.am tem assuntos mais importantes para conversar, como o combate à indústria fonográfica e os críticos da banda, enquanto ele ouve música.

O super produtor e fundador do Black Eyed Peas Will.i.am está vivendo em, compreensivelmente, uma “assombração”.

Apenas dois dias após a morte de Michael Jackson, Will.i.am – que estava ajudando o Rei do Pop a gravar um novo álbum há 18 meses antes do falecimento – ainda está processando a notícia. Durante uma entrevista exclusiva com o Stuff.co.nz, as perguntas inicias sobre Jackson receberam respostas curtas e tristes.

“Tem acontecido cada coisa,” ele disse de Londres, quando questionado como lidara com a notícia. “Não há palavras para descrever como eu me sinto sobre isso … Eu estou terrivelmente triste. Nós estávamos trabalhando há um ano e meio … Desculpe se estiver soando assombrado.”

Ele se torna um pouco mais sucinto quando fala do show dos Peas na Austrália, em outubro. Esta será a primeira vez que Will.i.am, Apl.de.ap, Fergie e Taboo performam no país desde 2005, e eles estão animados para o evento.

“Eu mal posso esperar para voltar,” Will.i.am disse. “Eu adoro esse lugar. Seria um dos locais que eu eventualmente poderia me ver morando. A Nova Zelândia foi um dos primeiros lugares no mundo em que fizemos sucesso, então é um lugar especial para nós.”

Will.i.am prometeu aos fãs dos Peas que a banda teria um palco maior nos shows, para combinar com o clima do recente e dançante álbum The END.

Este quinto disco, e terceiro com a cantora pop Fergie, está dividindo opiniões mas – graça à energia amigável nas rádios pelos singles I’ve Got A Feeling e Boom Boom Pow – está em conexão com os fãs.

“Nós temos dado muita ênfase ao papel dos artistas no palco mas nós nunca fizemos isso até hoje” ele disse. “Nós sempre confiamos na nossa energia. Desta vez nós iremos fazer o nosso melhor para expandir o conceito dos palcos. Tudo vai ser realmente orientado para a dança.”

ESTE SERÁ O FIM?

O Black Eyed Peas surgiu no fim dos anos 90, quando Will.i.am, Apl.de.ap e Taboo lançaram dois sólidos e bem sucedidos álbuns de hip-hop: Behind the Front (1998) e Bridging the Gap (2000).

Mas a carreira deles só decolou realmente quando a loira pop Fergie entrou para o grupo em 2003, no álbum Elephunk, e com o sucesso esmagador de Where is the Love?

Quando a banda resolveu explorar a nova paixão pelo pop no álbum Monkey Business de 2005, e com o sucesso da carreira solo da Fergie, surgiram as primeiras acusações de que a banda tinha se “vendido” pelo sucesso.

Como Will.i.am lida com os fãs que querem que a banda demita Fergie e faça outro álbum no estilo do Bridging the Gap?

“Eles são (fãs) super velhos … ha ha ha … sabe, Bridging the Gap é Bridging the Gap. Daqui a uns anos vamos ter pessoas dizendo, ‘Eu queria que você fizesso um novo The END’, ou ‘Eu queria que você fizesse outro Monkey Business’.”

Os fãs tem sido bem favoráveis ao novo álbum, ele diz. “Algumas pessoas estão muito muito felizes com ele. É claro que há algumas outras pessoas dizendo, ‘Eu queria que você tivesse bla bla bla’ mas você não pode deixar isso lhe afetar. Teoricamente, a música tem sempre que ser surpreendente. Se não for, fica chata.

Apesar do sucesso da carreira solo da Fergie, e de Will.i.am ter se tornado um requisitado produtor musical que lançou seu próprio álbum solo, Songs About Girls, em 2007, os Peas sempre tiveram como plano fazer outro álbum juntos.

“Foi sempre parte do plano voltarmos e nos reunir (e) continuar a construir a base. Nenhum de nós teria carreira solo se não fosse pelos Black Eyed Peas. Todos nós respeitamos esse fato, cuidamos e nutrimos a banda.

E sobre a especulação de que o álbum seria o último dos Peas ?

“O título The END refere-se à indústria da música. Este é o fim dos rumores de que estamos nos separando.”

O PRÓXIMO MICHAEL JACKSON

Apesar da sua relutância inicial em falar sobre a morte de Jackson, Will.i.am logo se abriu – em certo momento ele ficou tão animado que até fez beatbox em uma de suas canções.

Isso veio em resposta à pergunta, ‘Será que o mundo um dia poderá ver outro Michael Jackson?’

“Nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca mais,” ele diz emfaticamente.

“Não podemos ter. É só você pensar em todas as coisas que fizeram com que Michael Jackson se tornasse o Michael Jackson. Haviam lojas de CD, hoje elas não existem mais, então ninguém jamais venderá tantos álbuns quanto ele. A MTV passava os vídeo clipes. Então a MTV não pode dar vida a outro Michael Jackson.

“O Michael Jackson se foi, cara. Ele não está mais aqui. Aquele foi o cara que representou o que aquela indústria era. A era Michael Jackson acabou.”

Will.i.am acredita que as estrelas pop do futuro vão lançar suas carreiras através de celulares, como sua plataforma.

“A única esperança que temos para haver outro Michael Jackson é se also sair do celular. Porque essa é a nova plataforma. Alguém tem que sair de um celular.”

Apesar das mudanças na indústria musical, Will.i.am foi positivo sobre o futuro e disse que esse é um momento ótimo para se fazer música.

“A música vai ser usada para coisas totalmente diferentes no futuro. O seu telefone poderá ser o instrumento, cara.

É por isso que o nome é ‘The Energy Never Dies.’ Porque você precisa de energia para começar o novo. Você precisa de idéias frescas e de novas perspectivas e novas emoções para ser o motivo pelo qual você faz músicas, turnês e viagens.

“É por isso que eu não posso esperar para começar essa turnê, porque vamos fazê-la por motivos totalmente diversos. Não vamos fazer a turnê para ganhar rios de dinheiro. Vamos fazer turnê para realmente criarmos e fundarmos o propósito disso tudo. A música tem poder e não deveria girar em torno de quantos álbuns vendemos na semana.

* Os Black Eyed Peas se apresentam na Vector Arena da Austrália no dia 13 de outubro.

Via: BlackEyedPeas.com.br

Autor do Post
Renato Cavalcanti

Deixe seu Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Let's Get It Started, AGAIN!